Home / Conteúdo / A mídia social pode ajudar na escolha pelo seu produto.

A mídia social pode ajudar na escolha pelo seu produto.
07/06/2008 - 20:51
Por Ricardo Cabianca

Isso aqui é apenas uma rápida reflexão, pois resolvi ligar o maldito laptop e ler algumas notas no Google Reader, em pleno sábado!

E por conta daquele aglutinador de informações gerais, encontrei um título que me chamou a atenção: “Paradoxo da Escolha”, que vinha de um blog que recém estou assinando chamado Nova Mídia Novo Marketing. Na verdade, era apenas um parágrafo que apontava para o verdadeiro tópico de outro blog (que passei a assinar…) chamado Estalo.

Duas questões me chamaram a atenção. A primeira era exatamente o tema do post, que fala da dificuldade que temos de escolher alguma coisa, principalmente quando se trata de consumo, visto a ampla oferta que temos, de diversos produtos e serviços, muitos deles completamente parecidos.

A outra foi um termo novo, que ainda não havia conhecido chamado “Geração Trialist“, que segundo Mastropietro Luiz, autor do texto, trata-se de uma geração de consumidores que ao invés de escolher uma única marca de determinado produto por exemplo, compram 4, 5, 6 marcas diferentes. Aliás, ele dá uns exemplos muito bacanas…vale a leitura!

Sinceramente não havia percebido esta tendência e é muito passível de estudo. Gosto muito do tema Antropologia do Consumo e creio que é um prato cheio para análise.

Mas vou centrar na rápida reflexão que citei no início.

Ontem respondi umas perguntas da Claudia Midori, jornalista e profissional do Grupo RMA, para uma entrevista que segundo ela será publicado no Social Media Group. Entre as perguntas tinha uma que se referia a “oportunidades de negócios criadas entre o mundo corporativo e blogueiros“.

Minha resposta seguiu para a capacidade que os editores de blogs tem de interagir com as pessoas e é esta capacidade que as empresas precisam entender e tirar melhor proveito, para que o tal Paradoxo da Escolha não vire um problema, tanto para quem consome quanto para quem produz.

E aplique este raciocínio em todos os canais das mídias digitais e sociais. Ou seja, a empresa que conseguir trabalhar nos seus corredores a boa percepção do valor da sua marca para os consumidores, aquela empresa que tiver confiança em toda a sua cadeia produtiva até a “gôndola” e aquela empresa que além disso tudo souber entender o valor estratégico da opinião boa ou ruim, estará a frente no uso da capacidade de interação da web.

[baidêuei: opinião e dica de consumo sempre existiram né? Na internet só é potencializada…]

Fonte: Blog do Ca’bianca » Corporativo

WB4B/C’ | Negócios Online - Av. Vicente Machado, 115 - Cj 1 - Centro - Curitiba - PR - (41) 3029.5624